Isolamento social e Atividade Física

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Atividade Física!

A mente e o corpo são indissociáveis e é bem conhecido o fator protetor que a prática de atividade física regular desempenha na saúde geral e na mental em particular.

O isolamento social causado pela pandemia da Covid-19 é já um período de maior inatividade física e sedentarismo contribuindo também para respostas de ansiedade, stress e diminuição da imunização.

A Organização Mundial da Saúde recomenda que todos os adultos saudáveis pratiquem 30 minutos diários de atividade física de intensidade moderada que promova a aptidão cardiovascular e o reforço muscular.

Conhece-se que a prática de atividade física regular:

  • Aumenta o fluxo sanguíneo no cérebro melhorando a função cerebral, com particular incidência na memória e atenção
  • Liberta endorfinas e promove emoções positivas e sensações de bem-estar
  • Reduz o stress e permite maior gestão da agressividade
  • Contribui para uma melhoria na auto-estima
  • Melhora a qualidade do sono facilitando um sono mais reparador
  • Previne o aparecimento e agravamento de doenças cardiovasculares, respiratórias, músculo-esqueléticas, entre outras, fortalecendo a imunidade
  • Alivia os sintomas dos transtornos mentais, tendo efeito muito positivo na depressão e ansiedade

É por isso desejável que todas as pessoas, crianças, jovens, adultos e idosos possam exercitar-se dentro de casa, de um modo consistente e regular. Deve contudo ter-se em atenção para que a prática da atividade física seja adaptada às condições de saúde de cada pessoa e não ultrapasse os limites do corpo de cada um, de modo a evitar lesões ou prejudicar a mobilidade.

De um modo geral recomenda-se a prática de:

  1. Exercícios de aquecimento muscular com o objetivo de elevar a temperatura corporal, preparando os músculos e as articulações para a prática da atividade física mais organizada.
  2. Exercícios respiratórios para melhorar a capacidade aeróbica, caminhar, pedalar, saltar à corda, corrida no lugar.
  3. Exercícios para promover a agilidade, como subir e descer degraus, saltar à corda, carregar objetos.
  4. Exercícios de equilíbrio e a coordenação, como a dança e yoga.
  5. Exercícios de musculação, pilates e ginástica localizada, agachamentos, abdominais, flexão de braços.
  6. Exercícios de relaxamento e alongamentos.

Para as crianças recomendam-se atividades mais lúdicas e para os mais enérgicos existem ainda várias aplicações online de treino físico.

Em período de isolamento social mantenham-se fisicamente ativos contribuindo para a melhoria da saúde, do bem-estar e qualidade de vida.

Boa semana e bom exercício!

Isolamento social e Atividade Física

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.