Dia Mundial da Saúde Mental

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Saúde Mental!

É um dia marcante na promoção de boas práticas de saúde mental, na sensibilização para os problemas da saúde mental e para os cuidados devidos, e no combate ao estigma e preconceito face à doença mental.

Em 2021 a Organização Mundial de Saúde (OMS) propôs como slogan de campanha:

Cuidados com a Saúde Mental para todos: Vamos torná-lo realidade!”, procurando alertar para as necessidades ao nível da saúde mental, nomeadamente face às dificuldades de acessibilidade nos cuidados a prestar.

A Federação Mundial para a Saúde Mental (WFMH) anunciou como tema para este ano:

Saúde Mental em um Mundo Desigual”, destacando as desigualdades há muito existentes mas que se agravaram muito com a pandemia de covid-19, nomeadamente face à falta de respeito pelos direitos humanos nas pessoas com vulnerabilidade ao nível da saúde mental. Muitas pessoas com doença mental continuam a ser discriminadas e a sofrer de estigma, não recebem o tratamento que merecem e têm direito.

Passado ano e meio desde o início da pandemia Covid-19, com toda a incerteza, medos, insegurança e problemas financeiros, constatou-se em todo o mundo um grande impacto na saúde mental das pessoas e Portugal não foi exceção. Muitas pessoas foram direta ou indiretamente afetadas pela pandemia. Muitas pessoas conheceram um agravamento do estado mental pré-existente e muitas pessoas previamente saudáveis desenvolveram algum tipo de vulnerabilidade ou distúrbio mental.

Lamentavelmente Portugal possui taxas de afetação por problemas mentais das mais elevadas da Europa, e assim também é o consumo de psicofármacos que vem a aumentar proporcionalmente no decurso dos últimos anos. Estima-se que cerca de um quinto da população portuguesa possui um transtorno psiquiátrico, sendo as doenças mentais e do comportamento o segundo tipo de doenças mais comuns no nosso país, e destas as mais prevalentes são as que estão relacionadas com a ansiedade seguidas das perturbações de humor.

O nosso bem-estar geral depende da saúde mental, que é tão importante quanto a saúde física. Contudo, continua a ser mais fácil reparar que se está mais gordo ou mais magro, com uma dor aqui ou outra ali, que tem-se alguma lesão mais ou menos grave, do que reconhecer que estamos mais deprimidos, irritados, angustiados ou ansiosos.

Negligenciar a saúde mental conduz a agravamentos nas condições mentais e comprometimento na qualidade de vida.

Dar um primeiro passo no reconhecimento das fragilidades, falar com um familiar ou um amigo confiável, praticar atividades físicas, manter uma alimentação equilibrada e saudável, promover uma boa higiene do sono, evitar situações de stress excessivo, desenvolver habilidades para lidar com o stress, cultivar interesses e desenvolver ocupações produtivas, ajuda a prevenir e manter saúde mental.

Nós sabemos que “não há Saúde sem Saúde Mental”, por isso capacite-se a cuidar mais da sua saúde mental e a ajudar os outros que possam precisar.

E se sentir que está em sofrimento e precisa de ajuda, procure ajuda de um profissional especializado.   

Cá estaremos para o ajudar.

Boa semana!

Clínica MentalMente4PSI

Dia Mundial da Saúde Mental

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.